sábado, 3 de abril de 2010

Feliz Páscoa

A Ba passou na Wondercakes, e me trouxe esses cupcakes lindos! Além de serem uma graça, são muito, muito bons...


Happy Easter!



quarta-feira, 31 de março de 2010

Restaurante Spiandorello





Almoçamos em Jundiaí na semana passada, e foi uma delícia! O restaurante Spiandorello serve uma comida bem caseira e saborosa por um preço justo. Além disso, conta com parquinho para as crianças, lojinha de artesanato e mesas no jardim para quem quer almoçar do lado de fora.

A especialidade do restaurante é o frango a passarinho (temperado com alecrim - diferente e muito bom), o tagliarini fresco e a polenta.

O Spiandorello fica na Av. Humberto Cereser, 6245 - Jardim Caxambu - Jundiaí.


domingo, 14 de março de 2010

Camarão ao Bafo

Somos loucos por peixes e frutos do mar aqui em casa. Os meninos ainda são pequenos, e já dão prejuízo no restaurante japonês...

Minha amiga Ba me passou esta receita. No e-mail, ela escreveu que este é o melhor camarão que ela já tinha comido. Eu concordo! Pelo tanto que o pessoal comeu aqui, eu acredito que eles concordem também. (Meu filho de 8 anos comeu 11 camarões!)

Além de ser super saboroso, é muito rápido e fácil de se preparar.




Ingredientes:

1 kg de camarão rosa médio (com casca e cabeça)
4 dentes de alho
2 talos de alho porró (somente a parte branca)
5 folhas de louro
sal grosso moído, quanto baste
pimenta do reino preta moída na hora, quanto baste
azeite de oliva, quanto baste


Arrume os camarões com casca e cabeça numa panela grande. Tempere-os com sal grosso moído na hora, a gosto. Tampe a panela, e deixe os camarões cozinharem no bafo por 2 a 3 minutos, em fogo médio alto. (Eu precisei fazer isso em duas etapas, porque a minha maior panela não era grande o suficiente para acomodar todos os camarões de uma só vez.) Retire os camarões da panela, escorra a água que se formou no fundo da panela e acomode-os camarões num refratário grande. Reserve. Corte os dentes de alhos em fatias grossas. Corte os talos de alho porró em rodelas finas. Lave as folhas de louro. Cubra o fundo da panela com bastante azeite de oliva. Junte o alho, o louro e o alho porró. Coloque os camarões sobre esta caminha de vegetais. Tempere com pimenta do reino preta moída e com mais sal grosso moído. Regue com mais azeite de oliva. Cozinhe com a panela tampada por mais 8 minutos em fogo médio.

Sirva imediatamente.

Sugestões:

1)Deixe um prato extra na mesa para colocar as cabeças e as cascas do camarões.

2) Tenha guardanapos extras à mão.

3) O azeite temperado fica sensacional. Meu marido "limpou" o molho que ficou o fundo do refratário com pão. :)

domingo, 7 de março de 2010

Abobrinha Mediterrânea

Quando eu era pequena, minha mãe sempre me pedia para dar uma chance aos legumes. Apesar da insistência dela, é claro, que eu não dava chance aos verdinhos... :) Eu preferia continuar comendo as "n" variações de batata que ela preparava.

Eu descobri a abobrinha há pouco tempo, e posso dizer que estou apaixonada.

Esta receita fica ainda melhor no dia seguinte ao preparo.

A receita foi adaptada do livro "A Grande Cozinha: Cozinha Mediterrânea," da Abril Coleções.

Ingredientes (para 2 pessoas):

  • 2 abobrinhas italianas médias
  • 3 dentes de alho
  • folhas de manjericão
  • 12 tomates cereja, cortados em 4
  • 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
  • 6 colheres de sopa de azeite de oliva
  • Sal grosso moído na hora, a gosto
  • Pimenta do reino preta moída na hora, a gosto
Lave as abobrinhas, despreze as pontas, e corte-as em rodelas finas. Arrume as rodelas de abobrinha numa travessa grande, tempere com sal grosso moído, e deixe descansar por meia hora para que elas soltem o excesso de líquido. Escorra bem. Esquente 2 colheres de sopa de azeite numa frigideira grande. Frite as rodelas de abobrinha por 1 minuto de cada lado com cuidado para não empilhar as rodelas. Remova da frigideira com uma escumadeira, e coloque as rodelas fritas num prato fundo forrado com papel toalha para absorver o excesso de óleo. Repita este processo até cozinhar todas as fatias de abobrinha. Adicione mais azeite entre as frituras, se necessário for. Disponha as rodelas de abobrinha na travessa onde vão ser servidas. Acrescente o tomate cereja. Reserve. Descasque os dentes de alho, corte em pedaços grandes, e refogue-os no azeite que sobrou na frigideira. Junte o vinagre balsâmico. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Misture bem. Cubra a abobrinha e os tomates com este molho. Adicione as folhas lavadas de manjericão. Deixe marinar por ao menos uma hora antes de servir. Sirva com torradinhas ou pão italiano.*



*Esta receita se conserva bem por até 4 dias após o preparo. Mantenha na geladeira, em recipiente tampado.


Boa semana!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Frango com batata palha

Acabei de ler um livro excelente esta semana. (Se quiser saber mais sobre o livro "Comer, Rezar e Amar", dê uma passadinha aqui.) A autora passa um ano viajando pela Itália, Índia e Indonésia. Em determinado momento da narrativa, Liz Gilbert conversa com um amigo italiano, que lhe diz que toda cidade e toda pessoa tem uma palavra que lhes define. O italiano diz que a palavra de Roma é sexo; a americana diz que a palavra de Nova Iorque é achieve. O italiano então pergunta, "Qual é a sua palavra?" Liz demora algum tempo para descobrir... (Não vou dizer qual é a palavra da autora para não estragar a surpresa! :D)

Ontem, minha mãe perguntou qual é a minha palavra. Respondi imediatamente, "COMIDA!" Eu passo uma grande parte dos meus dias pensando em comprar comida, preparar comida, saborear comida... Adoro um supermercado, e gasto um bom tempo procurando receitas diferentes na Internet.

Como tinha vários filés de frango no freezer, e estava achando a ideia de preparar frango grelhado extremamente sem graça, lá fui eu para a Internet procurar alguma coisa diferente...


Ingredientes (a receita foi adaptada daqui):

  • 1 kg de filés de peito de frango
  • 1/2 cebola grande
  • Azeite de oliva extra virgem, quanto baste
  • 1 lata de molho de tomate
  • 250 g de requeijão cremoso, tipo Catupiry
  • 1 saco de batata palha
  • Sal grosso moído, a gosto
  • Pimenta do reino, moída na hora

Modo de fazer:
Tempere os filés de frango com sal e pimenta a gosto. Aqueça bem uma frigideira anti-aderente. Grelhe os filés de frango. Retire do fogo, e deixe esfriar. Desfie os filés de frango, e reserve. Numa panela grande, refogue a cebola picada no azeite de oliva. Acrescente o frango desfiado, e refogue mais um pouco. Junte o molho de tomate, e mexa rapidamente. Deixe o molho apurar. Adicione o Catupiry, e retifique os temperos. Pré-aqueça o forno a 200º C. Passe os ingredientes da panela para uma travessa refratária. Cubra com a batata palha, e leve ao forno para gratinar por cerca de 20 minutos.

Sirva com arroz branco.

(Não se espantem com a quantidade que aparece na foto. Esqueci de fotografar o prato quando o tirei do forno. Só lembrei da fotografia quando fui lavar a louça, então montei um mini-refratário com o pouco que sobrou...)

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Pavê de Pêssegos

Aproveitamos o feriado de Carnaval para fazer um churrasco. Como o nosso verão anda muito quente, queria servir uma sobremesa fresquinha para os convidados, algo que de preferência tivesse frutas.
Encontrei esta receita com pêssegos (minha fruta predileta) no site da Nestlé. Além de ser super rápida de preparar, é uma delícia!

Ingredientes:
  • 1 lata de leite condensado
  • a mesma medida de leite integral
  • 3 gemas
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 lata de pêssegos em calda
  • 1 pacote de biscoitos champagne

Numa panela média, misture o leite condensado, o leite integral, as gemas e o amido de milho. Mexa em fogo baixo até que engrosse. Retire do fogo, e deixe esfriar. Quando a mistura estiver fria, acrescente o creme de leite. (Como eu e o amido de milho somos inimigos eternos, precisei mexer a mistura com o fouet para desmanchar as bolinhas antes de juntar o creme de leite.) Pique os pêssegos em cubos pequenos. Separe algumas fatias de pêssego para decorar o pavê. Reserve a calda. Numa refratário, espalhe os biscoitos, e umedeça-os levemente com a calda dos pêssegos. Cubra com parte dos pêssegos picados, e por cima, espalhe parte do creme de gemas. Repita as camadas, e termine com uma camada de creme. Leve à geladeira para resfriar por no mínimo 3 horas. Decore o pavê com as fatias de pêssego reservadas antes de servir.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Mini bolo de morango





No dia 14 de fevereiro, comemora-se o Valentine's Day em vários países do mundo. Esta data difere um pouco do Dia dos Namorados (celebrado no dia 12 de junho, aqui no Brasil), porque amigos também trocam cartões, chamados de valentines, e lembrancinhas (flores, chocolates e baked goods) nesta data.

Como sou uma moça festeira e romântica, estava procurando uma receita para o Valentine's Day quando me lembrei que tinha feito este bolinho no ano passado, e não tinha publicado aqui no blog.

Esta receita foi tirada e adaptada do site da Hershey's, mas infelizmente, o link não se encontra mais lá (e olha que eu gastei um bom tempo procurando...).

Ingredientes:
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento em pó químico
  • 1 pitada de sal
  • 2 ovos
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de leite integral
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • 2 xícaras de morangos frescos
  • 1 xícara de creme de leite fresco gelado
  • 2 colheres de sobremesa de açúcar
  • 1/2 colher de chá de extrato de baunilha
Aqueça o forno a 180º C. Unte e enfarinhe a assadeira. Numa tigela, peneire a farinha, o fermento e o sal. Reserve. Bata os ovos em velocidade alta até que formem uma espuma grossa e amarela clara. Diminua a velocidade da batedeira, e acrescente o açúcar gradualmente. Bata em velocidade média até que o açúcar esteja bem dissolvido (cerca de 5 minutos). Junte os ingredientes peneirados, e misture levemente até que estejam incorporados à massa. Reserve. Num recipiente próprio para microondas, misture o leite e a manteiga. Aqueça por 1 minuto ou até que a manteiga derreta. Acrescente a mistura de leite à massa do bolo. Mexa rapidamente. Passe a massa para a forma preparada.


Asse por 20 a 25 minutos. Faça o teste do palito para verificar se está pronto. Retire do forno e deixe esfriar completamente. Desenforme. Corte o bolo no meio com muito cuidado (Eu usei uma faca de serra grande para fazer isso. Eu estava morrendo de medo de quebrar o bolo, então demorei muito para conseguir cortar o bolo.)


Pique os morangos; reserve os mais bonitos para enfeitar o bolo. Bata o creme de leite fresco com 2 colheres de açúcar e com o extrato de baunilha até formar chantilly. Junte metade do creme chantilly aos morangos picados. Reserve o restante do chantilly para cobrir o bolo.



Recheie o bolo com o creme de morangos. Cubra o topo e as laterais do bolo com o chantilly reservado. Decore com fatias de morango. Mantenha o bolo na geladeira até a hora de servir.

Você costuma celebrar o Valentine's Day? Qual é a sua receita preferida para esta data?

Happy Valentine's Day!